sábado, 22 de setembro de 2007

ELE

Tu és pura ilusão

Uma imagem embaraçada

Lembrança ultrapassada

És a minha contramão.


Em nada insistir ajuda,

Pois da minha vida vou te extinguir

Já que não pensou em mim

Quando roubou minha razão de existir.


Foste o bem, o mal, o amor,

O sexo e a carnalidade,

Um qualquer na minha cama

Que da minha vida tirou a cor.


Nos teus braços estar

Trouxe esperança e depois escuridão,

Pois descobri que como os outros

Tu não merecias o meu coração.


Eu te quero longe daqui

Que leve tuas mentiras na tua cabeça

Deixando-me viver em paz

E que de mim pra sempre se esqueça.

6 comentários:

Natália Nunes disse...

Esse texto me lembrou Gal:

"Meu Zem!
Meu Bem!
Meu Mal!..."

Gostei do seu espaço!
;)

Patrícia Ziomkowski disse...

amiga, ARRASOU com esse novo fundo. ameeeeeeei!

disse...

aêÊÊ lay novo! uhuu!
não sei se ele está à altura do conteúdo do blog, mas eu tentei, viu? :)

hahaha te adoro gabizitaa!

bjoo

Alex Sens disse...

hum, coisa boa. combinação perfeita seria com um violãozinho. beijos!

Giovanna disse...

Muito bonito, talbém gostei muito da nova cara do seu blog!beijos para você querida gabi

Jú M. disse...

Gabriela, sempre me surpreende :D

Novo look em :P

muito lindo.

" Trouxe esperança e depois escuridão, "

Nada é bom pra sempre não é?
muito menos depois da ilusão perder a mascara.

LINDO :*