segunda-feira, 30 de abril de 2007

Cansaço. Cansada. Cansei.
Desse vai e vem que não convém.
Do murchar das rosas
E brotar das camélias.
Esse ciclo que me invade
E sempre leva parte de mim.
Cansaço. Cansada. Cansei.
Sou mais qualquer uma
Que passa, vai e volta
E sempre esquece de cuidar do seu jardim.

2 comentários:

Morg disse...

oi gabriela posso te ajudar sim me diz quais sao suas duvidas

beijo

Vinnicius Silva disse...

Cansei? Não canso...
Eu nunca canso de ler seus textos.
=)

Beijo!